quarta-feira, 4 de julho de 2018

(infertilidade) O tempo passa e nada muda

Há um ano atrás já tinha saído do bloco e ouvido as boas notícias. Tudo tinha corrido bem e segundo o médico até tinha boas perspectivas. Naquele dia não me incomodei de estar no piso da obstetrícia, não me incomodaram os recém nascidos, as Marias, os Dinis, os Francisco, pois em breve estaria eu naquele lugar. Seria o meu um daqueles bebés a chorar, daqui a um ano, pensei eu, tudo estará bem. Mas não, uma TEC e uma FIV depois nada está bem.
O corpo ressente-se, o coração e a cabeça também.
Estou em menopausa induzida, e estou a aguentar-me por aqui.
Nada mudou em relação ao que sentia há um mês atrás. Nada está diferente para melhor ou para pior. A vida passa, o tempo passa e nada mudou no que há infertilidade diz respeito.

3 comentários:

  1. Dream que bom saber de ti! Penso tanto em ti e fiquei tão preocupada com o último post...

    Espero que estejas em paz e que já nada do que escreveste naquele momento faça sentido. Tu és muito mais que a endometriose, muito mais que a infertilidade! E o teu dia vai chegar sim... “quem não tem cão, caça com gato” se me entendes... amanhã entramos na 14.ª semana e duvido que amasse mais este bebé se o ovocitos fosse meu...

    Beijinho e não nos deixes mais posts daqueles ☺️

    ResponderEliminar
  2. Dream :( vim cá todos os dias para ver se havia novidades tuas. Bem sei que neste momento nada que possa dizer poderá aliviar a tua dor. Mas também sei que vais reunir forças para continuar e não te vais dar por vencida.
    2 fivs e 1 tec é muito para nós. É horrível superar os negativos, o dinheiro investido, a sensação de derrota, etc. Mas infelizmente problemas como os nossos nem sempre se resolvem com 1, 2 ou mesmo 3 fivs. Demora mais.
    Beijinho e um abraço bem apertado

    ResponderEliminar
  3. Oh Dream... força, muita forca e um abraço apertado...

    ResponderEliminar